sábado, 28 de fevereiro de 2009

PREFEITO DE BREJO SANTO LEVANTA DESMONTE SOBRE GESTÃO PASSADA

"O prefeito de Brejo Santo, Guilherme Landim (PSB), declarou em entrevista a Farias Júnior, da Rádio Sul Cearense, que sua equipe técnica está finalizando o relatório da situação como recebeu o município. O documento, a ser entregue ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e ao Ministério Público (MP) deverá ser encaminhado até o próximo dia 10, novo prazo estipulado pelo MP. Segundo o procurador Maurício Carneiro, chefe da Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap) do TCM, vários prefeitos cearenses solicitaram a ampliação do prazo estabelecido, argumentando as dificuldades que estão enfrentando para localizar os documentos necessários à elaboração dos relatórios, como é o caso de Brejo Santo.
Em função dos pedidos e argumentos apresentados a comissão que atuou na operação de combate ao desmonte das Prefeituras se reuniu e decidiu prorrogar o prazo até o dia 10 de março. A data estabelecido inicialmente terminou no dia 30 de janeiro com a apresentação dos relatórios de apenas sete Prefeituras: Acaraú, Aquiraz (Fundo de Saúde), Aurora, Barbalha, Ibiapina, Ipaumirim e Miraíma. Destes, apenas Miraíma não foi visitado pela comissão de combate ao desmonte.
O procurador Maurício Carneiro informou ainda que depois do encerramento do novo prazo a comissão vai se reunir e, de conformidade com a situação, fará uma avaliação sobre as providências a serem adotadas em relação àqueles prefeitos que não observaram as recomendações feitas pelo Ministério Público e pelo Tribunal de Contas dos Municípios, que foram feitas no encerramento da operação de combate ao desmonte de Prefeituras, em dezembro passado.


(Com informações da Rádio Sul Cearense, do TCM e do Diário do Nordeste)

Um comentário:

Paulo disse...

No período pós-Wellington Landim,também foi feita auditoria do desmonte?