quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

LINHA COM CEROL FAZ MAIS UMA VÍTIMA EM FORTALEZA

Morreu agora há pouco em via que dá acesso ao viaduto da Base Aérea de Fortaleza o autônomo Hernazildo Pereira da Rocha (41). Ele circulava em sua motocicleta Cross quando teve o pescoço atingido por linha de arraia à base de cerol. Uma viatura policial encontra-se no local.
Eis mais um caso absurdo e que revolta.
E é proque são tantos os apelos feitos na mídia contra essa prática absurda de arraias com cerol.

ATUALIZAÇÃO (17h12min) - Hernazildo trabalhava para a Secretaria do Trabalho e Desnvolvimento Social Estado.

Um comentário:

Daniel Sampaio disse...

oi Eliomar,
o nome da secretaria é "Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social". Mudou de nome na reforma administrativa do Cid Gomes, no início do governo dele. "Trabalho e Empreendedorismo" é o nome antigo do órgão, que era chefiado por Roberto Matoso, na época do governo Lúcio Alcântara.
Abraços.