domingo, 12 de abril de 2009

OBRAS DA PRAIA DE IRACEMA EM RITMO DE TARTARUGA

"As obras de requalificação da Praia de Iracema seguem a passos lentos. Iniciadas em fevereiro de 2008, a primeira previsão era que as obras fossem concluídas em agosto do ano passado. Engano. A entrega do equipamento já foi adiada para dezembro de 2008 e, agora, a nova data é dezembro de 2009, extrapolando em um ano e quatro meses o prazo inicial. “Essa obra tá muito lenta, lenta demais”, reclama o aposentado Jaime Alan, 63, que lembra bem da época em que o local estava no auge. A queixa dele reflete a sensação de outros fortalezenses. “É um problema da maioria das obras: a demora. Eles começam, param, vão empurrando, dizendo que não tem recurso”, aponta o auxiliar de escritório e recepcionista, Renato Agostinho, 28. Ele ressalta a importância da obra, defende que a Praia de Iracema merece a reforma, mas não tem esperanças de que o local volte a ser como antes. “Não é só uma mudança de paisagem que vai trazer as pessoas de volta. Já existe toda uma cultura entranhada. Hoje, a Praia de Iracema está associada a drogas e prostituição”, lamenta. Mas com relação à paisagem, quem faz caminhada ali já percebeu a diferença. A restauração do calçadão, a partir da avenida Rui Barbosa até a Ponte dos Ingleses, com quase dois quilômetros de extensão, já avançou um bocado. De acordo com a Prefeitura, já foi executado 95% do trecho entre a avenida Rui Barbosa e a rua Ildefonso Albano. No segundo trecho, entre as ruas Ildefonso Albano e Ararius, 85% das obras foram realizadas, o que inclui a colocação de pastilhas de vidrotil, formando os mosaicos coloridos embaixo dos bancos, e vidrotil azul na estátua de Iracema. No terceiro intervalo, entre a rua Arariús e a avenida Almirante Tamandaré, a etapa é de colocação de piso, e 35% da obra foi concluída. Turistas de Curitiba, Deisy, 28, e Fábio Zeni, 34, admiravam o calçadão enquanto caminhavam. “Quando terminar, o calçadão vai ficar bem bacana”, elogia Deisy.

Orçamento
A obra foi orçada inicialmente em R$ 6.000.000,00 e é composta por: reforma e ampliação do calçadão; reforma do espigão e contenção de pedra em faixa de praia; restauração do Pavilhão Atlântico; reforma do Boulevard Almirante Tamandaré. De acordo com a coordenadora do projeto de requalificação da Praia de Iracema, Lia Parente, os atrasos ocorridos são comuns, quando se trata de uma obra de reforma, com a amplitude e complexidade como esta, com recursos oriundos das três esferas administrativas (União, Estado e Município) e de dois convênios, em espaço aberto e público. Houve atraso na liberação de recursos. “No entanto, acredito que a execução da obra não irá ultrapassar o mês de dezembro, pois os principais motivos do atraso geralmente se apresentam e são solucionados neste primeiro período de execução, a exceção das chuvas, é claro”, disse. Segundo a Prefeitura, impasses judiciais também atrasam o andamento da obra. Um exemplo são as duas barracas - Arapuca I e II - que ficavam sobre o calçadão e foram desativadas e demolidas neste ano, após decisão judicial. Segundo a prefeitura, a remoção das barracas é necessária para o reordenamento do espaço público."

(Jornal O POVO)

3 comentários:

josé sales disse...

Não entendi porque derrubar as barracas Arapuca I e Arapuca II, se o conjunto de obra é uma verdadeira ARAPUCA, com grafia em letra maíscula. Se a obra for finalizada como promete mais uma vez a coordenadora das mesmas a Arquiteta Lia Parente, em Dezembro/ 2009, o atraso registrado será de somente 14 meses. A mesmo havia sido prometida para Outubro/2008.Isto para uma reforma de um calçadão.

josé sales disse...

Promessa vai e promessa vem e nada. Mas se formos analisar o que existe proposto para a Praia de Iracema pela Prefeitura Municipal, veremos que seriam realizações que demandaria pelo menos uns quatro mandatos da "tchurminha"que aí está, pois em se tratando de qualidade da gestão e ritmo de obras tudo está a desejar. A Arquiteta Lia Parente e a Coordenaora de Projetos Especiais Luiza Perdigão tem muito a esclarecer, pois a carta branca que foi dada a elas pela Prefeita Luizianne Lins está ficando encardida de tanto atraso.

Kilmer Castro disse...

Prefeitura de Fortaleza, teu nome é atraso.