quarta-feira, 22 de abril de 2009

EXONERADO COMANDANTE DO POLICIAMENTO DA CAPITAL

O coronel Sérgio Costa foi exonerado, nesta quarta-feira, do cargo de titular do Comando do Policiamento da Capital (CPC). Ocupando a função desde meados de 2007, estava sendo alvo de desgastes, segundo fontes da Corporação.
A exoneração ocorre depois do episódio em que a universitária Nádia Brito morreu vítima de bala perdida, o que gerou outra informação: a de que o cabo que fez disparos quando de confusão envolvendo torcedores do Fortaleza próximo ao Campus do Itaperi (Uece), na última quarta-feira à noite, teria livrado flagrante com ajuda de três companheiros.
O substituto ainda não foi escolhido.

3 comentários:

Anônimo disse...

Chama o capitão rapadura

Anônimo disse...

É uma pena. O coronel Sérgio Costa tem o respeito e a admiração da tropa assim também como tinha o coronel Serra. Nenhum comandante possui o total controle sobre seus comandados. Mas é correta a afirmação que a PM está sem comando. Mas o buraco é mais em cima.

Paulo disse...

Se,mudando o comandante,mudassem os métodos de ação da PM,notadamente no que se refere ao corporativismo,seria bom demais.Mas,sabemos que a prática está tão arraigada,que quem quer seja ocupar o cargo,ou outro qualquer,dentro da Corporação,os vícios continuarão sendo os mesmos.