quarta-feira, 22 de abril de 2009

REAÇÃO DA OAB - BATE-BOCA NO STF SÓ AUMENTA DESCONFIANÇA DO CIDADÃO NO JUDICIÁRIO

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto, lamentou, nesta quarta-feira, o bate-boca entre o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e o ministro Joaquim Barbosa durante sessão no plenário do STF.
- É lamentável a discussão pública e pessoal de ministros da Corte suprema. A discussão serve apenas para aumentar a desconfiança do cidadão brasileiro em relação ao Poder Judiciário.
Barbosa acusou o presidente da Corte de estar "destruindo a credibilidade da Justiça brasileira" durante o julgamento de duas ações --referentes ao pagamento de previdência a servidores do Paraná e à prerrogativa de foro privilegiado.

(Este Blog com Rádio OPOVO/CBN)

7 comentários:

Anônimo disse...

O presidente da OAB quer então o silêncio, que Gilmar Mendes faça o que bem entenda no STF e por que a OAB não se manifestou quando FHC indicou Gilmar Mendes para o STF?

Anônimo disse...

O Dr. Joaquim Barbosa é aquela voz rara de sanidade e dignidade, falando o que o povo gostaria e não tem voz. Quanta coragem, quanto brio naquele momento unico, na casa maxima da Justiça brasileira. E o Dr JOAQUIM BARBOSA não perdeu a oportunidade, não se apequenou, não se acovardou.
São estas atitudes, de um homem público da sua estatura, que nos passam alguma esperança no Brasil !
PARABENS MINISTRO, O SENHOR FOI A VOZ DO POVO BRASILEIRO.

Anônimo disse...

Esse trecho diz tudo:

"A fala de Joaquim Barbosa é incompatível com o Supremo, com a democracia e com o estado de direito. Um ministro do Supremo não acusa sem provas nem submete as instituições ao vexame."

Plinio Gomes disse...

O Presidente da nossa OAB não teria nenhuma condição de opinar sobre esse episódio, pois basta o Gilmar Mendes pisar em solo cearense que ele começa a fazer homenagem. É um serviçal!

Paulo disse...

O Ministro Joaquim Barbosa,ainda não aprendeu que,no Brasil,quem fala a verdade,MERECE castigo.Mesmo com um senão que lhe faço,no engavetamento do processo movido pelo jornal carioca Tribuna da Imprensa(leia-se Hélio Fernandes),o Ministro ainda é uma voz livre,em meio às deteriorações causadas pelos Marcos Aurélio,Eros,Gilmar et caterva.Claro que,sob a alegação de manter a serenidade na Casa,o Ministro Gilmar Mendes receberia a solidariedade de seus pares.Mas,há sinceridade na manifestação?

Carlos Eduardo Poa disse...

O ministro Joaquim Barbosa,refletiu a transparência que todo o judiciário deveria ter,sabemos que a instituição merece respeito,porém o presidente da STF deveria pelo menos imaginar que nem todos os brasileiros são leigos e que observam a sua atitude de coronel que ele tenta exercer no STF.

Plinio Marcos Moreira da Rocha disse...

Prezados,

Devemos refletir sobre o ocorrido no Plenário do Supremo Tribunal Federal, mas, acima de tudo, procurarmos, a necessária sustentação, entre as decisões proferidas pelo Supremo Tribunal Federal neste último ano. Afinal, várias destas decisões, de certa forma, respaldam muitas das colocações propaladas, na mídia, pelo Excelentíssimo Presidente do Supremo Tribunal, muito embora, não estejam devidamente fundamentadas pela Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, ou mesmo, pelo Estatuto da Magistratura. Algo, que, agrega, em essência, conteúdo, objetivo e concreto, ao colocado pelo Excelentíssimo Ministro Joaquim Barbosa.
Estas poucas palavras, tem a preocupação de trazer à questão, o fato concreto, de que o Excelentíssimo Presidente do Supremo Tribunal Federal, de forma objetiva, tem se “perdido” ao falar sobre e com base no Direito Constituído, o que nos coloca, a certeza, de que Respeito, apenas e tão somente, NÃO SE OUTORGA, uma vez que, é conseqüência natural da pura CONQUISTA, logo, até que ponto, a Nota em apoio ao Excelentíssimo Presidente do STF, por OITO Excelentíssimos Ministros do STF, PODE estar comprometendo o próprio SABER JURÍDICO, ou melhor, até que ponto pode comprometer a LISURA, a INDEPENDÊNCIA, a CAPACIDADE DE AVALIAÇÃO IMPARCIAL de seus Membros, onde o PURO e simples Corporativismo é INACEITÁVEL, ou mesmo, INADMISSÌVEL.

Para fundamentar as colocações acima apresento os documentos:

Manifestacoes_ao_STF_12292_12889_e_12908
http://www.scribd.com/doc/13374649/ManifestacoesaoSTF1229212889e12908

Sugestao ADPF Lei de Imprensa
http://www.scribd.com/doc/13889730/Sugestao-ADPF-Lei-de-Imprensa

CNJ STF ANULAR Decisao Raposa Do Sol
http://www.scribd.com/doc/13502960/CNJ-STF-ANULAR-Decisao-Raposa-Do-Sol

O Judiciario Brasileiro e Acima de Tudo Um Poder BUROCRATA ?
http://www.scribd.com/doc/13157900/O-Judiciario-Brasileiro-e-Acima-de-Tudo-Um-Pod

PGR ADPF Foro Privilegiado
http://www.scribd.com/doc/13953340/PGR-ADPF-Foro-Privilegiado

Prisao So Com Decisao Transit Ada Em Julgado
http://www.scribd.com/doc/11822011/Prisao-So-Com-Decisao-Transit-Ada-Em-Julgado

Manifestacao STF ILEGITIMIDADE Infidelidade Pa
http://www.scribd.com/doc/9357083/Manifestacao-STF-ILEGITIMIDADE-Infidelidade-Pa

Abraços,
Plínio Marcos