sábado, 9 de maio de 2009

LADRÕES ASSALTAM CASA DO JORNALISTA PAULO LIMAVERDE

Do jornalista e radialista Paulo Limaverde, recebemos a seguinte mensagem. Ele, com a família, viveu momentos de terror quando sua casa foi invadida por assaltantes. Confira:

Caro Eliomar,

Pela primeira vez, senti na carne o que milhares de brasileiros já sentiram: a invasão de seu domicilio por bandidos armados. Foi uma noite terrível e que ficará gravada na memoria de todos os integrantes de minha familia que estavam em casa na noite da ultima sexta feira. Foram quatro marginais armados de revolveres e pistolas, todos eles jovens e maltrapilhos exalando um odor fétido só sentido nas cadeias das delegacias de Fortaleza. Após imobilizarem a todos levaram celulares, "notebooks", câmeras fotográficas digitais, computadores, uma certa quantia em dinheiro, além de quebrarem móveis e armários a procura de um cofre. Tudo isso desfilando diante de nossos olhos atordoados, o que nos causava uma sensação de revolta pela impotência de não se poder fazer nada, a não ser assistir ao desencadeamento de tanta violência.
Durante a ação, pensava com meus botões: "O que poderão mais levar de uma casa de um pobre jornalista, a não ser a vida de alguns dos seus?" Com o passar do tempo (mais de uma hora), vendo que nada mais podiam saquear, retiraram-se da mesma maneira que chegaram.
Foi aí que resolvi acionar a chamada Ronda do Quarteirão.
Antes não o tivesse feito, pois nada mais fizeram do que recomendar ir a uma delegacia no bairro de São Cristovão para registrar um BO, o malfadado Boletim de Ocorrências, que nada resolve a não ser o incômodo de ser mal atendido por uma policia que consome nossos impostos e um governo que nos rouba a paciência na área da Segurança Pública.
Para que serve, então, a tal Ronda? Para usar carros de luxo com ar condicionado e seus integrantes, tais e quais manequins da Ceará Fashion, a desfilarem suas "belezas"? A quem nós estamos entregues? Aos marginais, que andam armados enquanto que nós ficamos de braços cruzados diante de um governo que nos comprou as armas por 5 mil réis de mel coado? E em muitos casos, ainda não pagou.
Que policia é essa, minha gente, que pratica o corporativismo e que não merece a confiança do cidadão? E o secretário de segurança que fica exibindo uma engraçada gravata usada pelo palhaço Carequinha em tempos idos.
Estamos cheios da chamada "DESCULPA DE JACU". Morar hoje em Fortaleza com a polícia que aí está, é melhor ir para o Haiti. Lá, pelo menos, o Exercito Brasileiro exibe um certo tipo de segurança.

Paulo Limaverde.

13 comentários:

Cris disse...

Caro jornalista Paulo Limaverde,

Solidarizo-me com sua indignação e justa revolta diante da agressão terrivel de que foi vítima. Infelizmente, é o que a população do estado assiste, impotente e assustada.

Mas nossa maior indignação é com a principal peça de campanha do governador, que foi a tal Ronda do Quarteirão, lembra? A programa foi vendido numa embalagem bonita de discursos e imagens, como a solução para a insegurança no estado, que na época nem de longe chegava perto da que ora vivenciamos.

Agora vemos a peça de marketing eleitoral que foi tudo isso. Mais uma vez o povo foi logrado e o pior, está sendo literalmente roubado. Essa tal Ronda foi financiada com nossos impostos desde a aquisição de carros importados de luxo, com ar-condicionado, tração, direção hidráulica, câmbio automático e o escambau, junto com ostensivas e caras motos que até já desapareceram do cenário. Além do combustível que gastam desfilando na passarela das ruas portando modelito exclusivo com "design" de estilista, pra que servem mesmo?

É comentário geral: a violência em Fortaleza atingiu níveis tão absurdos que o governador proibiu a divulgação dos índices, pode?

Portanto, jornalista, faço coro com você: tá na hora de cobrar resultados, tá na hora de dar um basta no cinismo das campanhas, que ludibriam e, depois dos resultados das urnas, os eleitos dão majestosas bananas ao eleitor.

Afinal, pagamos muito caro para termos um serviço tão pouco eficiente, sério e honesto.

BASTA DE ESTELIONATO ELEITORAL!

Façanha disse...

Flash 1 – Eliomar!...faço questão de ser avalista do jornalista e radialista Paulo Limaverde quando disse:: Pela primeira vez, senti na carne o que milhares de brasileiros já sentiram: a invasão de seu domicilio por bandidos armados. Foi uma noite terrível e que ficará gravada na memoria de todos os integrantes de minha familia que estavam em casa na noite da ultima sexta feira. - Façanha de Fortaleza - Brasil

Flash 2 – Todos os dias nos programas jornnalísticos desse Brasil, são mostrados pelas câmeras de segurança, marginais assaltando, roubando e matando sem piedade pessoas inocentes na frente de todos. O Brasil hoje mesmo numa democracia só difere do Iraque no nome. - Façanha de Fortaleza - Brasil

Flash 3 - A situação da violência em nosso Brasil está tão grande e sem controle, que nós precisamos cobrar as autoridades incompententes para que se crie a “Ronda do Paredão” porque só assim, bandido perverso e sanguinário pague por seus pecados e a sociedade passe a viver com mais tranquilidade. - Façanha de Fortaleza - Brasil

Anônimo disse...

VC ESTÁ CERTÍSSIMO, ESSA POLÍCIA RONDA DO QUARTEIRÃO SÓ SERVE PARA DESFILAR. OS "PIRRALHOS" DOS POLICIAIS SÃO MENINOTES QUE NÃO SABEM NEM SEGURAR UMA ARMA.AGORA A POLÍCIA CIVIL ( INVESTIGATIVA) ANDA PEDINDO ESMOLAS....CID GOMES SEU GOVERNO É DE FAZ DE CONTA!!!! OS POLICIAS CIVIS DO CEARÁ,HOJE, SÃO MOTORISTAS DE BANDIDOS, SÃO CARCEREIROS, NÃO EXERCEM A SUA FUNÇÃO POR NÃO TER ESTRUTURA FÍSICA E NEM ORGANIZACIONAL ADEQUADAS....É A VERDADE.....

Anônimo disse...

A frustração do Sr. Paulo Limaverde é compreensível. Agora ele deve pensar um pouco mais antes de colocar sobre a polícia a responsabilidade por todo ato de violência. Que a PM tem um montão de defeitos, isso lá tem - mas como negar que é ela que chamamos quando ameaçados - como negar que são os homens da PM a quem nós esperamos que coloquem suas vidas em risco para protecer a nós e nossas famílias? Eu tenho a opinião que não podemos ofender gratuitamente esta corporação como o jornalista o fez. E a gravata do se cretario de segturança - o que ela tem a ver com a história? Não teria este homem o direito de usar o adereço que ele deseja? A mim tal adereço me parece mais apropriado do que o linguajar usado pelo jornalista e que deu ea ela notoriedade nesta Fortaleza Violenta.
Vamos cobrar do Estado o que é de responsaabilidade - mas vamos cobrar com respeito, que respeito, como se sabe, é bom e dele todo mundo gosta.

Prof.Othoniel Lopes disse...

Meu caro jornalista Paulo Limaverde:
Que adianta nós termos um dandi na governadoria do estado?Estamos entregues a uma policia ineficiente e sem pudor que ataca e pratica o corporativismo diante do olhar infantil de um governador que veio de Sobral para fazer mis en cene diante de nossos olhos.Que policia é esta? Que segurança publica é esta?Que falta de vergonha é esta?Afinal de contas até quando vamos suportar tamnha desdita?A unica saida é dissolver a PM do Ceará e os viciados da policia judiciária e começar tudo de novo.Que desgraceira meu Deus!!

Anônimo disse...

O pior é que Fortaleza está esburacada, suja, abandonada e refém de marginais que circulam livremente com armas sem serem incomodados. Por que o Ronda em seus passeios não abordam sujeitos suspeitos para fazer uma revista de armas, tal qual faz a polícia de São Paulo, altamente eficiente? Com certeza se esses marginais tivessem sido desarmados no caminho teriam desistido talvez de invadir residências.

Culpa de quem? Do povo que se deixa enganar. Que não enxergou o conluio entre governador e prefeita, unidos numa força do atraso como nunca se viu aqui antes. Nem na época dos coronéis.

Eles pintam e bordam, alinhavam, costuram e chuleiam e ninguém OUSA sequer fazer uma ressalva de rodapé. Com a corajosa exceção do deputado Heitor Ferrer, agora uma única andorinha a fazer verão na assembleia depois que Adahil aderiu ao governo.

Infelizmente, esse é o preço que pagamos. Toda unanimidade é burra. E na política, além de burra ela serve também para formar "associações" altamente nocivas à sociedade.

Paulo disse...

Minha solidariedade ao companheiro Paulo Limaverde e família,concordando,plenamente com o seu desabafo.Morar,em Fortaleza ou em qualquer outra cidade cearense, hoje,é estar sob permanente risco de morte.

Anônimo disse...

Este Programa Ronda do Quarteirão só serve para isso mesmo e mas nada pode?

Anônimo disse...

Juazeiro do Norte-CE: Viatura sai para atender uma ocorrência, quebra e é abandonada no meio da rua
(fonte: www.miseria.com.br 09/05/2009)

Esse é o retrato da falta de estrutura na Segurança Pública no Ceará.
O sucateamento das viaturas envergonha e deixa os policiais militares apenas com vontade de atender a população. Foi o que ocorreu com uma das patrulhas da 1ª Companhia do 2º BPM (Batalhão Policial Militar) ao ser chamada pelo coitado de um morador do Parque Antonio Vieira que teve a sua casa arrombada.

Os PMs se mandaram para o endereço da ocorrência, mas terminaram ficando no meio do caminho. Ao invés de socorrerem a vítima, a viatura é q teve de ser socorrida para uma oficina. Desolados, os militares calçaram um dos pneus do carro com uma pedra, pois o freio de mão não funciona e o câmbio não inspira confiança no sentido de reter o veículo.
Ainda ecoa nos ouvidos da população, as promessas do então candidato Cid Gomes, que prometia uma segurança pública de vergonha, mas, o que foi implantado até agora é uma segurança(????????) de fazer vergonha.

- policiais mal pagos;
- interior do Estado sem um número de policiais suficiente;
- policiais com fardas em frangalhos (exceção do RONDA chik), a última vez em que receberam fardamento, foi em setembro de 2005, ainda no governo Lúcio;
- carga horária no interior de 90 horas semanais;

Lauro Jaya Junior disse...

\A frustração do anonimo que defendeu a policia e criticou o jornalista Paulo Limaverde por falar na gravatinha do secretário de policia é não ter coragem de assinar o nome.Aliás como cobrar com respeito se a propria policia não se faz respeitar.Por exemplo: como anda aquela estória dos policiais que atiraram no turista italiano? Como anda aquela outra estória do homem que foi assassinado na porta do hospital?Como anda aquela estória do cabo que matou a aluna da UECE e o comandante do policiamento da capital acobertou?E o Secretário com medo ficou esperando uma posição do comandante da policia...Comecem a responder e depois podem pedir respeito

mafa disse...

DEIXE VOCES TEREM UMA CASA TOMADA POR ESSES MARGINAIS. AI, VÃO SABER O QUE É PASSAR POR MOMENTOS......A NOSSA SEGURANÇA É MONTADA NUM BOLO DE CONFEITAR.GOVERNADOR TIRA A VENDA DOS OLHOS.NOSSA SEGURANÇA ESTÁ SEM COMANDO.PRECISAMOS DE AÇÕES EFETIVAS E PERMANENTE PARA NÓS CIDADÃOS COLOQUE SUA LAMPARINAS PARA FUNCIONAR. DETERMINE AO SECRETARIO E SEU STAFF PARA REALMENTE DEBRUÇAREM SOBRE A INSEGURANÇA QUE NOS ASSOLA

Anônimo disse...

Jornalista Eliomar de Lima,
O drama vivido pelo jornalista e radialista Paulo Lima Verde e família, em sua residência, merece a solidariedade de todos.
Essa família não foi a primeira e não será a última a sofrer tamanha brutalidade.
O caso não torna-se mais grave, ou menos grave, por ter acontecido com um pessoa muito conhecida em Fortaleza.
Ao noticiar o fato, aqui no Blog do Eliomar de Lima, o veterano profissional de imprensa abordou o tema da violência afirmando, dentre outras, que “o secretário de segurança que fica exibindo uma engraçada gravata usada pelo palhaço Carequinha em tempos idos.”
Ora, Paulo, esperava-se de você um texto de melhor conteúdo, mais seriedade ao tratar do tema da violência e até mesmo com sua infelicidade de ter vivido intermináveis minutos com esses monstros em sua casa...
Acho que você não deveria ter deixado passar a oportunidade de, com seriedade, abordar esse assunto que atormenta toda à sociedade.
Não tem nada a ver: “o secretário de segurança que fica exibindo uma engraçada gravata usada pelo palhaço Carequinha em tempos idos.”
Prof. João Francisco

Janio Alcantara disse...

Além de me solidarizar com o cidadão Paulo Limaverde, pergunto a ele onde está o radialista Paulo Limaverde que não deu mais o ar de sua graça na tão necessitada programação da AM de Fortaleza????