sexta-feira, 8 de maio de 2009

PMDB AGORA AMEAÇA ADERIR À CPI DA PETROBRAS

"A insatisfação do PMDB com o governo não deverá ficar restrita a rebeliões surpresas durante votações no Congresso. O partido ameaça aderir à CPI da Petrobras, que está sendo proposta pelo senador Álvaro Dias (PSDB-PR) e que tem entre seus alvos Vitor Martins, diretor da Agência Nacional de Petróleo (ANP) e irmão do ministro de Comunicação Social, Franklin Martins. Vitor é acusado de ter usado o cargo para beneficiar prefeituras com aumento do repasse de royalties do petróleo, recebendo comissões por meio da Análise Consultoria, da qual era sócio.
Até a tarde desta quinta-feira, o senador tucano já havia garantido a assinatura de pelo menos 25 parlamentares, entre eles quatro peemedebistas: Jarbas Vasconcelos (PE), Pedro Simon (RS), Mão Santa (PI) e Almeida Lima (SE).
Almeida Lima, integrante da tropa de choque que ajudou o líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), a se salvar da cassação em 2007, esclareceu, porém, que mandou retirar sua assinatura da lista até que a bancada discuta internamente o assunto."

(Globo Online)

2 comentários:

A.Morais disse...

Vai ser atendido. Só não será atendido no dia que quizer o posto do Lula.

Paulo disse...

É uma canalhada sem escrúpulos ou,pelo menos,um pouco de senso crítico.A sede por cargos,faz os integrantes do PMDB,pisarem no pescoço da própria mãe,se for preciso.O alvo,agora,é a Infraero,para beneficiar parentes e aliados de Romero Jucá,Temmer,Sarney,Renan e o resto da corja.