segunda-feira, 4 de maio de 2009

GRIPE SUÍNA DEIXA 22 MORTOS NO MÉXICO

"O governo do México confirmou neste domingo o registro de três novas mortes ocasionadas pela nova gripe suína --cujo nome oficial é influenza A (H1N1). Com isso, sobe para 22 o total de mortes confirmadas no país. O total de casos confirmados está em 568. Nenhum dos dois números consta do balanço da OMS (Organização Mundial de Saúde), segundo o qual o país possui, confirmados, 506 casos e 19 mortes. Em todo o mundo, conforme a organização, há 898 casos da doença. Segundo o ministro da Saúde do México, José Ángel Córdova, 70% das mortes confirmadas envolvem pessoas com idades entre 20 e 55 anos e 74% eram mulheres. O maior número de mortes aconteceu na capital Cidade do México, 16; seguido pelo vizinho Estado do México, 4, Oaxaca, 1, e Tlaxcala, 1. "O pico, em nível nacional, foi entre 23 e 28 de abril", afirmou o ministro em uma entrevista, na qual reiterou a importância de os mexicanos"não baixarem a guarda".
Neste domingo, o governo mexicano começou a divulgar uma série de dicas de prevenção que deverão ser aplicadas em restaurantes e centros de trabalho e no transporte público ao final do feriadão decretado pelas autoridades. As dicas consistem em evitar o contato direto entre pessoas, aglomerações, lavar as mãos e manter a higiene em geral, basicamente.
Outros avanços da gripe suína anunciados neste fim de semana que não foram reconhecidos pela OMS são dois casos confirmados em El Salvador e e um caso confirmado na Colômbia.
Conforme a OMS, os EUA estão logo atrás do México na contagem de casos, com 226 confirmados e uma morte --de um bebê mexicano, durante uma passagem pelo Estado americano do Texas. Outros países com casos confirmados, de acordo com o balanço da OMS, são Canadá (85), Espanha (40), Reino Unido (15), Alemanha (8), Israel (3), França (2), Áustria (1), China --em Hong Kong-- (1), Coreia do Sul (1), Costa Rica (1), Dinamarca (1), Holanda (1), Irlanda (1), Itália (1), Nova Zelândia (1) e Suíça (1). No Brasil, há 15 casos suspeitos da doença. Os casos estão em São Paulo (6), Rio (3), Minas (3), Mato Grosso do Sul (1), Espírito Santo (1) e Distrito Federal (1). "

(Folha Online)

Um comentário:

A.Morais disse...

Tomara que o Caro não diga que essa gripe não atravessa o atlantico!