domingo, 1 de março de 2009

CRECHES DA PREFEITURA DE FORTALEZA CONTINUAM SEM FUNCIONAR


"A poucos dias do início do ano letivo da rede municipal, ninguém sabe como nem quando as 87 creches municipalizadas voltam a funcionar. As unidades deixaram de ser responsabilidade do Governo do Estado e passaram para a administração da Prefeitura em dezembro de 2008. Um mês antes, quando cessaram os repasses estaduais, as portas já estavam fechadas. Até agora, a Prefeitura não se pronunciou sobre o retorno das atividades que beneficiam quase seis mil crianças com idade entre seis meses a cinco anos. Enquanto isso, as creches permanecem fechadas. "Na última conversa, a Prefeitura colocou que a partir do dia 5 de janeiro ia começar a chamar as associações, uma a uma, para conversar”, diz Artanilse Pinheiro, da coordenação executiva do Centro de Articulação de Apoio às Creches (Caac). O compromisso, firmado durante uma reunião convocada em dezembro pelo promotor de defesa da educação Francisco Elnatan, não foi cumprido. Na mesma reunião, de acordo com Artanilse, a Prefeitura garantiu que o diagnóstico dos equipamentos e o relatório da transferência estavam concluídos. Mesmo com todos os prazos vencidos, a Secretaria Municipal de Educação (SME) avisa que continua sem falar sobre o assunto, postura adotada desde o início da transição. “É um descaso muito grande. Não vejo nenhum interesse em resolver”, lamenta Célia Alves, coordenadora pedagógica do Centro de Educação Infantil do Conjunto Palmeiras. A unidade de Célia mantinha 200 vagas e atendia bairros vizinhos como o Jangurussu. A maioria das seis mil crianças sem aula vêm de famílias de baixa renda. “Tínhamos a garantia de que cada (Secretaria Executiva) Regional ia receber aos poucos essas crianças, mas a Secretaria (Municipal de Educação) não cumpriu com suas obrigações”, diz o promotor Elnatan. Mais uma reunião na Procuradoria está programada para o dia 10 de março. O POVO entrou em contato com a assessoria da Secretaria Municipal de Educação (SME) e foi informado que a Prefeitura não se pronuncia sobre o tema. "

* Do Jornal O POVO leia matéria completa aqui.

7 comentários:

Duda disse...

Mas o Reveillon, Carnaval, show de Roberto Carlos e festao com daniela Mercury, que lhe deu cortesia em camarote na folia de Salvador, não falta, né prefeita Luizianne?

BLOG DO PROF. JOÃO TELES disse...

Deveria envergonhar as autoridades ! Deveia ...

Anônimo disse...

POIS É DUDA, ISSO NÃO PODE FALTAR NÃO É NA FORTALEZA BELA DA RUIZIANE LINS. OLHA, O MINISTÉRIO PÚBLICO DEVERIA SER MAIS ENÉRGICO CONTRA ESSA PREFEITA, POIS JÁ ESTÁ VIRANDO ROTINA ELA FIRMA CONDUTA E NÃO CUMPRIR. ISSO É MAIS UMA FORMA DELA PROTELAR O TRABALHO DO MINISTÉRIO PÚBLICO. ALIÁS, SERÁ QUE NESSE MINISTÉRIO PÚBLICO NÃO TEM UM HOMEM DE CALÇAS OU UMA MULHER DE SAIA PARA ENFRENTAR ESSA DITADORA DE VESTIDO VERMELHO NÃO????

Anônimo disse...

No minimo era para Secretaria de Educaçao dar uma explicaçao, o que nao pode é os cidadoes (eletores)de Luizianne Lins nao terem onde deixar seus filhos.

Ditonho disse...

Nao me surpreende esse quadro das creches. Aliás, na gestão municipal nem o secretariado sai.

josé sales disse...

De fato, esta situção chega a ser criminosa do ponto de vista das responsabilidades sociais de Administração Municipal que deveria ser responsabilizada pelo Ministério Público. Desde o começo da anterior gestão municipal que isto acontece. Periodicamente fecham-se creches, sem explicações.

Anônimo disse...

Ô prefeitinha incompetente!